Democratização do uso das vias das cidades. Este é um dos principais apelos da campanha Bicicleta nas Eleições, que vem ganhando força no Brasil inteiro e tem como meta debater o ciclismo nas cidades e elaborar propostas para inserir a bicicleta na agenda dos candidatos ao Executivo e ao Legislativo. Não é preciso relembrar a força que a bicicleta tem no mundo todo, haja vista na região, onde esse meio de transporte já ganhou, nos últimos meses, ciclofaixas, ciclorotas e ações das prefeituras que visam incentivar o uso das bikes.

A campanha Bicicleta nas Eleições é uma grande oportunidade para os ciclistas do Alto Tietê se mobilizarem e lutarem por um maior espaço para bicicletas nas ruas. Isso vai acontecer por meio de diálogo com os candidatos, com a intenção de obter deles o compromisso de estímulo ao ciclismo e à mobilidade ativa nas mais variadas esferas.
Temas como redução de velocidade, aumento da infraestrutura cicloviária, além de treinamento de condutores de transporte coletivo e campanhas educativas voltadas para motoristas e motociclistas são algumas das pautas que devem ser discutidas com os participantes do pleito de 2016. A programação inclui ainda palestras e a apresentação de uma carta de compromisso que, durante o período eleitoral, será apresentada aos candidatos que disputarão os cargos eletivos do Legislativo e do Executivo.

Para fazer parte dessa mobilização é necessário montar um grupo de trabalho – e ciclistas na região é o que realmente não falta -, elaborar um plano de ação e enviá-lo aos candidatos a vereador e a prefeito de seu município.

Mogi das Cruzes recebeu na terça-feira passada o lançamento da campanha Bicicleta nas Eleições. A mobilização ganhou apoio da Rede Nossa Mogi das Cruzes e de diversos outros coletivos de ciclistas da cidade e do Alto Tietê.
Mais interessante é se houver uma integração entre os diversos grupos de ciclistas existentes na região. Afinal, para um mogiano que faz uso da bicicleta, é interessante que as cidades ao redor também tenham políticas que incentivem o uso desse meio de transporte, o que aumenta a gama de opções de trajetos seguros que poderão ser feitos pelos usuários.

A iniciativa vem sendo realizada em diversos municípios do País por uma iniciativa da União de Ciclistas do Brasil (UCB). Para saber o passo a passo de como se organizar e o que deve ser feito para que a proposta chegue ao Poder Público, entre no site bicicletanaseleicoes.org.br.

Fonte: Portal News

Link: http://bit.ly/29QEmLK